Projeto da Guarda Municipal armada será apresentado nesta quarta na Prefeitura de Joinville

Governador Raimundo Colombo deve prestigiar ato, quando também vai liberar metade dos R$ 14 milhões para o Hospital São José


O secretário municipal de Proteção Civil e Segurança Pública, Francisco José da Silva, confirmou ontem que a guarda municipal será armada. Em agosto, ainda se tinha dúvidas sobre a necessidade da utilização de armas letais.
Para chegar a esta decisão, o secretário acompanhou audiência pública em Itajaí, cidade que também está em fase de implantação da guarda municipal armada. Ele também teve reuniões na Polícia Federal e outros órgãos. Os últimos detalhes sobre o projeto de lei de Joinville foram definidos na tarde de ontem, em reunião entre a Procuradoria-geral do Município, o secretário de Proteção Civil e Segurança Pública e o prefeito Udo Döhler (PMDB).

Daniel Queiroz
Guardas municipais de Florianópolis atuam armados

“Algumas cidades catarinenses já criaram as suas, como Florianópolis, Balneário Camboriú e São José”, reforçou o secretário. Entre as competências da guarda municipal estão planejar, coordenar e desenvolver atividades de proteção de bens, serviços e instalações do município; colaboração com os órgãos estaduais e federais; dar apoio a agentes de fiscalização, posturas, tributos, sanitária, saúde, meio ambiente e outros serviços.
A guarda municipal também deverá atender à população em eventos danosos em auxílio à Defesa Civil; contribuir na segurança escolar; atuar em sintonia com os agentes de trânsito. “Na essência, a guarda tem como missão implementar a cultura da paz”, destacou o secretário Francisco José da Silva.
O comando e direção serão exercidos pelo titular da Gerência da Unidade da Guarda Municipal. O projeto de lei também prevê a criação de uma corregedoria e fixação de critérios de ingresso. Outros detalhes do projeto ainda não foram divulgados e devem ser apresentados na tarde de hoje, quando a proposta será oficialmente assinada na Prefeitura, com a presença do governador Raimundo Colombo (PSD).

Primeira parcela dos R$ 14 milhões para o Hospital São José
O governador Raimundo Colombo estará nesta tarde em Joinville para assinar outros dois documentos. Um deles será o repasse de R$ 7 milhões para o Hospital Municipal São José. Desde fevereiro, Joinville aguarda R$ 14 milhões para a unidade hospitalar, prometida pelo governador. Assinaturas já foram feitas, mas até agora, o dinheiro não apareceu.
Desta vez, a promessa é de que o dinheiro chegue ainda hoje na cidade. Os outros R$ 7 milhões devem ser liberados no dia 30. Os recursos serão aplicados na climatização do Complexo Ulysses Guimarães e compra de equipamentos destinados a quatro salas cirúrgicas, novo pronto-socorro, 32 leitos de observação do pronto-socorro, 30 leitos de UTI e Centro de Materiais Esterilizados.
O repasse da metade do convênio foi confirmado nesta segunda, durante audiência do prefeito Udo Döhler com o governador em Florianópolis. A liberação do dinheiro não implica em benefícios imediatos a unidades hospitalares, pois ainda será necessário licitar a compra dos equipamentos, o que pode levar mais alguns meses.
Na mesma oportunidade, o governador assina compromisso para ampliação da rede de fibra óptica em Joinville. O objetivo é interligar através de sistema 264 unidades administrativas do governo municipal. O sistema servirá para aumentar a comunicação e dar mais segurança na troca de dados e informações administrativas e no atendimento ao cidadão. O sistema desenvolvido pelo Ciasc (Centro de Informática e Automação de Santa Catarina) não tem data para ser implantado e entrar em operação. Mas a promessa é interligar, inclusive, as subprefeituras, facilitando atendimento nos bairros, além de melhorar a informação sobre pacientes nas unidades de saúde.
Por meio do mesmo sistema, também será a ofercido acesso gratuito à internet em locais de grande concentração de pessoas. Com a expansão do cabeamento, a rede atual passará de 88 quilômetros para 238 quilômetros de extensão.

Publicado em 18/09/13-09:30

Matérias relacionadas