Publicidade

Você está em

Quarta-Feira, 28 de Setembro de 2016
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 13º C

Prefeitura de Florianópolis embarga área de vazamento de óleo no Sul da Ilha

A região entre a praia da Mutuca até a Freguesia do Riberão da Ilha, onde vazou óleo da estação da Celesc, acaba de ser embargada

Redação ND
Florianópolis
Reprodução
fatma-improprio-mar-sul-da-ilha-florianopolis
Imagem da área que consta no embargo emitido pela Fatma

 

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) embargou temporariamente qualquer atividade no mar na região que compreende a Praia da Mutuca, no Bairro Tapera, até a Freguesia do Ribeirão da Ilha, em Florianópolis.

A medida acontece em razão do derramamento de óleo isolante de equipamento de energia elétrica da Celesc, que foi descoberto no dia 19 de dezembro de 2012. Segundo a Fatma, há a possibilidade de contaminação da fauna, flora e riscos à saúde pública.

De acordo com análises químicas prévias, o óleo contém concentrações significativas de substâncias denominadas “Bifenilas Policloradas”, que podem trazer sérios problemas ao meio ambiente e à saúde, dependendo do grau de exposição e concentração.

Uma análise ambiental está sendo feita no local e, até que o resultado saia, o embargo está mantido.  

Publicidade

0 Comentários