Prefeitura de Florianópolis vai lançar edital para ambulantes na próxima segunda-feira

Além da seleção dos ambulantes, melhorias estão sendo estudadas para a temporada de verão que vai começar no dia 15 de novembro

Emanuelle Gomes
Emanuelle Gomes
Jornalista (formada pela UEPG), repórter de Cidade do ND, apaixonada pela profissão


Florianópolis

Marco Santiago/ND
Banheiro na Barra da Lagoa será reformado para a temporada de verão

 

O edital para seleção dos ambulantes que trabalharão nas praias da Capital na temporada de verão será lançado na próxima segunda-feira. Mas o trabalho já começou a ser desenvolvido com parcerias entre as secretarias do município. Na manhã desta quarta-feira, o secretário executivo de Serviços Públicos, Acácio Garibaldi, reuniu várias áreas da administração para discutir os últimos detalhes. A intenção é inibir a presença de ambulantes irregulares e garantir o seguimento das normas impostas aos credenciados.

Ainda não há como precisar o número total de ambulantes nas praias, mas o secretário antecipou algumas mudanças e disse que o número de vendedores será menor do que o liberado no ano passado. No próximo verão, os vendedores de churros e de choripan (carnes grelhadas) serão legalizados.

No entanto, continua proibida a venda de roupas e queijos. “Além disso, antecipamos a temporada. Antes começava em dezembro, agora começará no dia 15 de novembro. Também terminará um mês depois, no dia 15 de março”, antecipou Garibaldi ao Notícias do Dia. O modelo de escolha dos ambulantes será o mesmo dos anos anteriores, por sorteio.

 

Para o secretário, o principal desafio é garantir a fiscalização. “A Vigilância Sanitária e a Floram [Fundação Municipal do Meio Ambiente] vão auxiliar nesse trabalho. Serão nove fiscais da Sesp [Secretaria Executiva de Serviços Públicos] e vamos conseguir mais 40 fiscais”, revelou.

Segundo Garibaldi, foi firmado um acordo com a empresa contratada para ceder barracas, guarda-sóis e cadeiras de praias, que tem contrato por quatro anos com a prefeitura. Ela cederá 20 funcionários para fazer a fiscalização. Os outros estão sendo negociados com o prefeito Cesar Souza Júnior. “Esses funcionários só poderão atuar junto com alguém da prefeitura”, explicou o secretário.

 

Melhor estrutura e banheiros garantidos

 

Acácio Garibaldi ainda afirmou que as barracas serão novamente cedidas aos ambulantes e terão estrutura melhor do que nos anos anteriores. “Conseguimos recuperar apenas 40% das barracas dos últimos dois anos, porque não havia um contrato de comodato”, contou. Os ambulantes serão autorizados a ter eletricidade – que deverá ser providenciada por cada um –, mas continuam impedidos de usar sonorização.

 

A temporada 2013/2014 também vai contar com mais estrutura. A secretária municipal de Turismo, Maria Cláudia Evangelista, garantiu que a Capital terá 200 banheiros móveis e oito contêineres, além de chuveiros. “Já temos garantida a reforma de um banheiro na Barra da Lagoa e queremos abrir concurso público para projetos de banheiros nas praias. Também estamos trabalhando para regularizar alguns banheiros que foram cedidos”, afirmou.

Segundo Maria Cláudia, a última administração cedeu alguns banheiros, mas a prefeitura não sabe em que circunstância isso ocorreu. O levantamento está sendo feito e o da Barra é o único que foi possível saber que é, de fato, da prefeitura.

Quanto aos chuveiros, a Secretaria Municipal de Saneamento e Habitação está fazendo um estudo para determinar o melhor modelo. “Temos questões ambientais envolvidas, por causa da poluição que pode causar, já que as pessoas usam protetor solar”, explicou. Mas um novo edital para esse serviço está sendo formulado e deve determinar se a água usada será retirada de lençol freático ou cedida pela Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento).

Publicado em 08/08/13-10:00


Matérias relacionadas