Esportes

Diego Jardel pode deixar o Avaí rumo ao Oriente Médio

Diretor de futebol do Leão confirmou interesse do Esthegal FC, do Irã, mas deseja contar com jogador

Matheus Joffre
Matheus Joffre
Repórter de Esporte do jornal Notícias do Dia.


Florianópolis

A temporada 2016 ainda nem começou e o Avaí já pode perder um de seus principais jogadores. O meia Diego Jardel recebeu uma proposta do Esthegal FC, do Irã, e pode deixar o Leão antes mesmo do início das competições.

André Palma Ribeiro/Avaí/Divulgação
Diego Jardel (à dir.) retornou de empréstimo no fim de 2015, mas pode deixar o Avaí

 

O interesse do time da Ásia Ocidental foi confirmado pelo diretor de futebol azurra, Marcelo Gonçalves. 

“Ainda não nos chegou nenhuma proposta oficial, mas o empresário dele está lá no Oriente Médio, negociando. Existe o interesse”, confirmou. 

Segundo o dirigente, o clube pretende contar com o futebol do meia, que recém retornou de empréstimo do Botafogo, onde foi campeão da Série B no ano passado.

Diego Jardel tem contrato com o Avaí até dezembro de 2016 e a diretoria já estuda estender o vínculo do atleta até o fim de 2017. 

“O documento já está pronto, com os devidos aumentos salariais. Falta só ele assinar”, revelou Gonçalves. 

Natural de Águas Mornas, na Grande Florianópolis, Diego Jardel chegou ao Leão em 2013, após destacar-se no Campeonato Catarinense pelo Camboriú.

No Avaí, viveu altos e baixos e, com características parecidas com a de Marquinhos, ficou a maior parte do tempo à sombra do ídolo. Em 2015, foi emprestado para o Botafogo e ajudou o time carioca a conquistar o acesso para a elite do futebol nacional e o título da Série B.


» Tags: Avaí, Catarinense 2016,
Publicado em 20/01/16-18:28.