Publicidade
Domingo, 26 de Março de 2017
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Cozinha de Estar é onde quero receber você, sua família e amigos para experiências gastronômicas saborosas e especiais.
Luciane Daux é consultora gastronômica, food stylist, professora e colunista de gastronomia. Estudou no ICIF – Instituto Italiano de Culinária para Estrangeiros. Graduada em Administração de Empresas e especialista em Marketing.

  • Nhoques para o outono, a melhor estação para os que amam a boa mesa

    Não canso de repetir que o outono é minha estação preferida. A mudança nas cores da natureza é evidente; as folhas se transformam em dourado, o reflexo do sol no mar é um espelho prateado. Temperaturas mais amenas são bem-vindas, em especial para nós, os amantes da boa mesa, agora mais livres para fazer receitas com um pouco mais de corpo. Assim, liberados pelo frescor desses dias, hoje vamos de nhoque em duas massas diferentes e bastante leves.

    Costela de Boteco - L1NK Estudio Criativo
    Costela de Boteco - L1NK Estudio Criativo


    Costela de Boteco
    Imagine comidinhas de boteco, todas elas tendo a costela como protagonista. Pastel, escondidinho, croquete de aipim, tudo com a macia e úmida carne a rechear. Essa é a proposta da Pinta D’Agulha Costelaria da SC 401 e também da Pedra Branca a partir de hoje. Delícia!

    Deli no Itacorubi - Divulgação/ND
    Deli no Itacorubi - Divulgação/ND


    Deli no Itacorubi
    O bairro do Itacorubi ganhou loja de fast-food saudável, atrás do hotel Mercure. A Deli Shop contará com 50 itens de consumo prático e[...]

    Leia mais
  • Peito de frango, aliado do dia-a-dia quando você usa criatividade

    Uma das coisas mais difíceis do cotidiano é oferecer um cardápio variado, não é mesmo? Ainda mais quando a gente deseja praticidade e, de preferência, uma refeição leve para a família toda. O peito de frango faz bem esse papel, e não precisa ser sem-graça, não! Hoje em dia, encontrado inclusive em embalagens IQF (sigla para congelamento unitário rápido) ou já cozido e desfiado, você decide quantas porções vai precisar e, rapidinho, apresenta um almoço diferente, nutritivo e saboroso.

    Sabores de Altitude, o festival gastronômico da Vindima de SC - Divulgação/ND
    Sabores de Altitude, o festival gastronômico da Vindima de SC - Divulgação/ND


    Sabores da altitude
    Sugestão para o fim de semana. Promovido pelo Sebrae/SC, o Festival Sabores de Altitude é mais uma atração da 4a Vindima de Altitude, que acontece até 26 de março na Serra e Meio Oeste catarinense. Cinco restaurantes de São Joaquim oferecem pratos especiais, com ingredientes regionais, que são harmonizados com os vinhos e têm preços promocionais: Pequeno Bosque,[...]

    Leia mais
  • Chef Alex Atala ensina a temperar cortes de frango sem mistério

    A discussão é sobre marinar o frango. Eu mesma tinha o hábito de deixar os cortes de ave "tomando gosto" de véspera. Mas quando quem diz que duas horas são suficientes é o chef Alex Atala, é bom ouvir!

    Chef Alex Atala ensina como temperar frango - Seara
    Chef Alex Atala ensina como temperar frango - Seara


    “Tem pessoas que gostam de deixar o frango em marinadas muito longas (6, 8 horas). Estudos científicos comprovaram que o tempo ideal é de duas horas, que é o máximo que o frango consegue absorver de temperos. Após isso, passa-se a provocar cozimentos a frio na carne. Eu gosto de coisas bastante simples como alho e alecrim. Tem quem prefira inserir cerveja, eu particularmente gosto de um pouco de vinho branco”
    , diz o chef, em consultoria para a Seara.

    Frango recheado - Seara
    Frango recheado com pinhão - Seara


    Frango recheado

    2,5 kg de Peito de Frango
    100 g de pinhão cozido e sem casca
    1 maço de manjericão
    300 g de tomate seco
    1 fatia de pão de forma
    2 dentes de alho
    6 colheres (sopa) de azeite
    ½ xícara de pimentão verde
    ½[...]

    Leia mais
  • Yes, Sir, nós temos Roast Beef, a saborosa herança da culinária inglesa

    Também no mundo da gastronomia cometem-se injustiças. Uma delas é dizer que a culinária britânica não existe. Chefs ingleses como Nigella Lawson e Jamie Oliver ajudaram muito a melhorar essa fama. Além do que um dos mais gostosos mercados de rua do mundo, o Portobello Market, fica em Londres, no charmoso bairro de Notting Hill. O fish and chips (peixe e batatas fritos) é típico deles, assim como o Yorkshire Pudding e aqueles maravilhosos bolinhos que acompanham o chá das cinco, mas, para mim, a grande herança é o roast beef (carne assada) – o nosso aportuguesado rosbife, que está aí, cheio de graça e sabor, para defender o paladar dos súditos de sua majestade, a Rainha Elizabeth II. Nas sugestões de hoje, ele aparece frio e cortado em finas fatias.

    Que carne usar?
    Aquela que lhe agradar, desde que seja macia o bastante para que fria e mal passada, tenha uma textura agradável. Vamos usar hoje o filé mignon, mas poderia ser o contrafilé, a alcatra e até mesmo[...]

    Leia mais